Notícias

A Sustentabilidade das Organizações do Terceiro Setor em foco na CIS

Publicado a 21 Março, 2019

De norte a sul do país tivemos experiências e partilhas diversas, consoante a localização, dimensão, idade e objetivos de cada organização.

No âmbito das atividades da Comunidade Impacto Social, aconteceram 3 workshops sobre a temática da “Sustentabilidade das Organizações do 3º Setor”. Os workshops aconteceram no Porto (Vila Nova de Gaia), em Coimbra e em Lisboa. O objetivo era falar sobre a forma como as organizações vêem esta temática, como a integram nas suas práticas e pensam o seu futuro tendo em conta a sustentabilidade da sua estrutura e dos seus projetos, e também apresentar uma metodologia desenvolvida pela 4Change para introduzir a análise prática das sustentabilidade nas organizações.

Num primeiro momento, trabalhando diversas versões do conceito de sustentabilidade, procurámos identificar os desafios que as entidades enfrentam hoje em dia e os fatores de sustentabilidade que incluem nas suas estratégias de preparar a sua sustentabilidade futura.

Num segundo momento percorremos as ferramentas práticas da metodologia 4C de análise de sustentabilidade das organizações: diagnósticos da organização, fontes de financiamento, afetação de recursos e análise estratégica.

Num terceiro momento, abordámos mais concretamente as áreas/prioridades identificadas como pertinentes na melhoria da sustentabilidade das organizações: diversificação das fontes de financiamento, optimização dos recursos disponíveis, gestão de recursos humanos orientada para a qualificação e especialização, implementação de sistemas de monitorização e avaliação (incluindo avaliação de impacto social) e importância da capacidade de comunicação da organização nos diversos níveis da sua atuação.

WORKSHOP 1 – Vila Nova de Gaia (Porto)

Entidade de acolhimento: IDIS – Instituto de Desenvolvimento e Inclusão Social

O IDIS é uma associação sem fins lucrativos sediada em Vila Nova de Gaia cuja missão versa o apoio a populações socialmente desfavorecidas e em risco de exclusão social. As populações-alvo do IDIS visam os/as jovens NEET e em situação de vulnerabilidade, bem como pessoas com deficiência e pessoas em risco social e económico. O modelo de sustentabilidade do IDIS baseia-se num inovador sistema de gestão de negócios sociais geradores de valor e impacto positivo.

WORKSHOP 2 – Coimbra

Entidade de acolhimento: ACREDITAR – ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DE CRIANÇAS COM CANCRO

Criada em 1994, a Associação Acreditar foca-se em enfrentar da melhor maneira as dinâmicas que o cancro infantil impõe, acompanhando as crianças e as suas famílias (ou cuidadores) em todos os momentos da doença. Nas Casas da Acreditar, nos hospitais ou no domicílio, é assegurado um apoio não só logístico e social, mas também no plano emocional.

WORKSHOP 3 – Lisboa

Entidade de acolhimento: CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social

A Cooperativa António Sérgio para a Economia Social tem como objetivo fortalecer o setor da economia social, aprofundando a cooperação entre o Estado e as organizações que o integram e tendo em vista estimular o seu potencial ao serviço da promoção do desenvolvimento socioeconómico do País, bem como a prossecução de políticas na área do voluntariado.

Promotores